sábado, 28 de maio de 2016

Só leis não funcionam contra estupros, é preciso mais educação, diz juíza

Os casos de estupros coletivos ocorridos no Piauí,no Ceará e agora no Rio de Janeiro são, segundo a juíza Adriana Ramos de Mello, apenas a ponta do iceberg frente a uma cultura arraigada no país que estimula a violência contra a mulher. Em média, uma mulher é estuprada no Brasil a cada quatro minutos, de acordo com dados do 8º Anuário Brasileiro de Segurança Pública.
Para a juíza, titular do 1º Juizado de Violência Doméstica contra a Mulher, no Rio, não basta apenas punir os agressores e não pensar em mecanismos para reverter este quadro. Ela aponta como principal medida a inclusão do estudo de gênero, direitos humanos e combate à discriminação nos currículos escolares. "Quando vejo que foram adolescentes que participaram do estupro coletivo no Piauí, penso que alguma coisa falhou nessa educação", afirma. "Estamos só cuidando de quem já morreu, vai morrer ou já sofreu a violência. E essa mulher que não foi agredida mas vai ser?", questiona.
UOL - Há silêncio em torno dos casos de estupro?
Adriana Ramos de Mello - Existe uma dificuldade por parte das vítimas de denunciar, de se identificarem como vítimas do estupro. E ainda há o medo e a vergonha de se exporem perante as autoridades e reviver aquela experiência. A violência sexual é uma das formas de violência mais graves. Envolve o sentimento de poder que o homem tem sobre a mulher. É cultural.
Podemos falar em uma cultura de estupro?
A cultura patriarcal, de desigualdade de poder nas relações entre homens e mulheres, incita a violência. Além da violência física, há um estímulo simbólico à violência muito forte, principalmente na imprensa e na publicidade. A erotização da mulher, com frequência colocada como se fosse um produto, por exemplo, é uma forma de incitar a violência.
Nos últimos dois anos ocorreram vários casos de estupros coletivos no país. Esses casos são comuns ou têm sido mais noticiados?
O estupro é um crime que tem uma subnotificação [ausência de notificação às autoridades] muito grande. É difícil dizer se estupros coletivos sempre existiram ou só não eram denunciados. Normalmente, estamos habituados a ver notícias sobre isso em outros países, como na Índia, em que casos assim são recorrentes. Nesse caso do Piauí talvez estejamos acompanhando uma mudança cultural ao ver a sociedade se posicionar, perceber isso como crime um grave, que também acontece no Brasil.
Há uma evolução na luta contra a violência contra a mulher?
Sempre tivemos punido no Código Penal o homicídio, que inclui homens e mulheres. Ao criar o conceito de feminicídio, você politiza, torna público algo que não era visível, que é o assassinato de mulheres apenas pelo fato de serem mulheres. E a morte de mulheres no Brasil tem uma peculiaridade. Enquanto os homens costumam morrer em decorrência da violência urbana, troca de tiros, tráfico etc., grande parte das nossas mulheres morrem no ambiente doméstico. A maioria delas quando decide romper com essa relação violenta -- o fim do relacionamento é o momento de maior vulnerabilidade. Muitas têm medo de se separar porque tem medo de morrer.

Pelo Dr. Jesus da Costa

VEJA COMO ERA TRATADO O ESTUPRO EM 1833...

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Peça com Regina Duarte espera captar R$ 2 milhões pela Lei Rouanet

Ana Cora Lima
Do UOL, em São Paulo
  • Manuela Scarpa/Photo Rio News
    Regina é a atriz principal da peça "A Visita da Velha Senhora", que ainda não conseguiu recursos para ser montada Regina é a atriz principal da peça "A Visita da Velha Senhora", que ainda não conseguiu recursos para ser montada
Apesar de criticar os governos do PT e os artistas que se levantaram contra a proposta de extinção do Ministério da Cultura pelo governo interino de Michel Temer, a atriz Regina Duarte pode, também, tornar-se beneficiária de recursos da Lei Rouanet. De acordo com informações do site do Ministério da Cultura, ela é a estrela principal da peça "A Visita da Velha Senhora", que, em janeiro deste ano, obteve autorização do MinC para captar R$ 1.994.260 para sua realização.
O projeto foi apresentado pela Opalco Produções Artísticas e prevê um total de 48 apresentações nas cidades de São Paulo e Campinas, durante período de quatro meses. A proposta é atingir 16,8 mil pessoas com ingressos ao valor de R$ 50 a R$ 100. Dez por cento das entradas, diz o projeto, serão oferecidas gratuitamente para público de baixa renda. Disponível em detalhes no site do Ministério da Cultura, a proposta estipula um pagamento de R$ 160 mil a Regina por 120 dias de trabalho.
Pelo artigo 18 da Lei Rouanet, o empresário ou investidor que decidir bancar a peça poderá abater 100% dos custos de seu imposto de renda - desde que não ultrapasse 4% do total de IR que tenha a pagar naquele ano. Até o momento, não houve patrocinadores interessados.
"Sinceramente acho difícil [conseguir o patrocínio] porque existem outros projetos tão bons quanto na mesma situação de espera de recursos", disse ao UOL Edinho Rodrigues, produtor responsável pela captação para a peça. Em paralelo, ele diz já ter conseguido R$ 1,25 milhão pela Lei Rouanet para a montagem de um musical sobre a novela "Roque Santeiro", que também foi estrelada por Regina, mas que não contará com ela nos palcos.
Escrita pelo dramaturgo suíço Friedrich Dürrenmatt, "A Visita da Velha Senhora" conta a história de Claire Zahanasian, que é expulsa da pequena cidade onde vive e abandonada pelo amante com uma filha para criar. Anos mais tarde, ela volta rica ao local para buscar vingança.
"A modificação dos valores essenciais de uma sociedade conforme as circunstâncias abre espaço para uma justiça baseada no princípio taliônico de 'olho por olho, dente por dente', lógica de vingança que conduz a um círculo vicioso e se opõe à verdadeira realização de Justiça", explica a descrição do projeto apresentado ao MinC. "Sua montagem no Brasil soa bastante apropriada, já que a corrupção é praticada em todos os setores da vida pública e permeia tanto a elite política como a vida cotidiana da população, pondo em cheque valores como o certo e o errado, a arbitrariedade e a irresponsabilidade."
Procurada pela reportagem por telefone e e-mail, Regina Duarte não respondeu aos pedidos de entrevista. Na semana passada, a atriz manifestou-se contra os protestos da classe artística que não aceitaram a tentativa de transformar o MinC em uma secretaria por acharem que a Cultura seria relegada a segundo plano. Em sua página no Instagram, Regina atacou "a insistência no autoengano de achar que a Cultura pode se safar, sadia, do desconcerto geral" do país.
O produtor Edinho Rodrigues acredita que a crítica não vale para a Lei Rouanet. "As avaliações dos projetos não são feitas por pessoa ligadas diretamente ao governo. São pessoas contratadas, são pareceristas contratados. Mas se modificarem a lei e isso venha realmente prejudicar a cultura, aí sim, acredito que vamos precisar nos movimentar."

quarta-feira, 25 de maio de 2016

CNH mudou: veja os 7 novos passos para tirar a carteira de motorista



1. A escolha da autoescola
O primeiro passo é escolher o Centro de Formação de Condutores (CFC), mais conhecido como autoescola, que prestará todo o apoio necessário ao candidato. No CFC, o aluno realizará outras etapas para chegar à CNH.

2. Exames
O candidato deve submeter-se a dois exames iniciais: psicológico e de aptidão física e mental, que serão realizados em clínicas e/ou com profissionais credenciados e indicados pelo Detran

3. Curso teórico-técnico
Os candidatos à obtenção da CNH terão 45 horas/aula com conteúdo pedagógico determinado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Neste momento, os candidatos aprenderão sobre regras previstas no Código de Trânsito Brasileiro, direção defensiva, primeiros socorros, meio ambiente e cidadania e mecânica básica.

4. Exame teórico
Em seguida, é a hora de realizar o exame teórico, aplicado pelo Detran, no qual serão avaliados os conhecimentos do futuro motorista acerca do conteúdo apresentado nas 45 horas/aula de curso.

5. Aulas no simulador de direção
Nesta etapa, os candidatos à CNH serão submetidos a treinamento simulado de acordo com conteúdo pedagógico determinado pelo Contran. Ele é apresentado a situações que não poderiam ser reproduzidas e treinadas em vias públicas em segurança. Em alguns estados do Brasil, os simuladores de direção ainda não estão totalmente implementados nas autoescolas. Porém, mesmo sem a realização desta etapa, os alunos não serão prejudicados, pois realizarão toda a carga horária prática (25 horas/aula) no veículo.
Alguns estados determinam que a aula no simulador aconteça depois da emissão da Licença para Aprendizagem de Direção Veicular (LADV). Em outros, elas podem acontecer antes. Os alunos devem verificar esta determinação junto ao CFC ou ao Detran.

6. Aulas práticas no veículo
Nesta etapa, o aluno realizará 20 aulas práticas no veículo, ou 17, caso tenho optado por realizar as três aulas de conteúdo noturno no simulador de direção veicular. O candidato será submetido à direção em vias públicas com fluxo de veículos e pedestres. Com o resultado da prática no simulador, que emite um relatório com incidências de erros de conduta, infrações de trânsito e pontos que o aluno teve mais dificuldade, pode-se intensificar a prática de situações que precisam ser aprimoradas

7. Exame de direção
Finalizadas as aulas práticas, o último passo para a obtenção da carteira de motorista é o exame de direção. Nele, a capacidade dos futuros motoristas será avaliada a partir de uma série de critérios previamente determinados pelos órgãos responsáveis.

Diário do Nordeste

segunda-feira, 23 de maio de 2016

“Os políticos e as fraldas devem ser trocados frequentemente pelo mesmo motivo.” - Eça de Queiroz

Como a Bósnia-Herzegovina e o Quênia, o Brasil permite reeleição infinita de seus legisladores. É irracional sustentar um corrupto e inepto político em cargos eletivos.
Mesmo políticos honestos e eficientes também não devem se perpetuarem no poder sem dar oportunidades aos inovadores e sem eles próprios galgarem outros cargos.
O cargo eletivo, não se confunde com poder hereditário, sucessório, perpétuo, permanente, privado ou propriedade, muito pelo contrário, o cargo é PÚBLICO.
O povo tem uma necessidade urgente de colocar os políticos brasileiros para trabalhar, assim como os demais cidadãos desse País. Seja  reassumindo suas empresas para os empresários ou exercendo outras atividades no mercado de trabalho para aqueles que esqueceram-se de trabalhar ou a forma de como o cidadão comum sobrevive nesse País chamado Brasil, literalmente de " Terra de Vera Cruz".
Deixar de reelege-los (os políticos) que ora se encontram no Poder, é inserir essa categoria no rol dos seres humanos comuns, no que tange aos direitos a aposentação e os demais direitos de qualquer cidadão.
Não a reeleição de prefeitos e vereadores!!!
Aos políticos atuais prefeitos e vereadores que pretendem permanecer no Poder por via da ridícula reeleição:

Diga não a reeleição - vamos mandar essa corja de volta a condição de empregados ou cuidarem de suas empresas. Senhores políticos que ora se encontram no poder: VÁ TRABALHAR...

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Essa ‘Lei Rouanet’ é um ‘rabo cheio’




A filha de Luiza Trajano, proprietária do Magazine Luiza foi contemplada com 512 mil reais, via Lei Rouanet, do ministério da Cultura.

Sabem o motivo? 

Não?

Pois bem…



O valor foi para a moça publicar um livro de receitas. Aí é que eu chamo de 'rabo cheio'. É como diz o jornalista e deputado Ely Aguiar, 'pense num negócio bom', vai comendo...!

Porque a revolta com a extinção do Ministério da Cultura por alguns artistas ????

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Atenção infratores : Confira os novos valores de multas


Infração leve - De R$ 53,20 para R$ 88,38 (aumento de 66%)
Infração média - De R$ 85,13 para R$ 130,16 (aumento de 52%)
Infração grave - De R$ 127,69 para R$ 195,23 (aumento de 52%)
Infração gravíssima - De R$ 191,54 para R$ 293,47 (aumento de 53%)

Celular: Além disso, a punição para o motorista que for flagrado falando ou "manuseando" o telefone passará de média para gravíssima; Ou seja, a multa que era de R$ 85,13 (média antiga) passará para R$ 293,47 (gravíssima nova).

Quando a mudança entrar em vigor, as multas mais pesadas, dadas a infrações gravíssimas com multiplicador de 10 vezes, passam a ser de R$ 2.934,70. Este é o valor previsto para quem é pego disputando racha ou forçando a ultrapassagem em estradas, por exemplo.
Também poderá pagar o valor máximo quem se recusar a fazer teste de bafômetro, exame clínico ou perícia para verificar presença de álcool ou drogas no corpo.
Neste caso, se ele for reincidente em menos de 12 meses, a multa será dobrada, chegando a R$ 5.869,40.

O novo artigo tem como objetivo punir protestos com carro de som, que não foram combinados com o órgão de trânsito, por exemplo. Os organizadores do bloqueio imprevisto deverão pagar multa de até R$ 17,6 mil. Diferentemente das demais, esta mudança entra já está em vigor.

domingo, 15 de maio de 2016

HRN faz campanha de doação de leite materno a partir de segunda-feira

Entre os dias 16 e 20 deste mês, o Hospital Regional Norte (HRN), da rede pública do Governo do Estado, fará campanha de aleitamento materno, aproveitando o Dia Mundial de Aleitamento Materno (19 de maio). A partir dessa mobilização o HRN, todas as quartas-feiras, das 7 às 18 horas, vai receber doações de leite e vai estar aberto para toda a comunidade. De acordo com Samara de Andrade, coordenadora do Banco de Leite Humano do HRN, o principal objetivo é reforçar o estoque e garantir a regularidade da assistência prestada à região, pelo atendimento do hospital. “Durante a campanha, vamos receber todas as mães que estejam saudáveis, amamentando e dispostas a doar. Elas devem trazer o cartão do pré-natal e algum documento com foto, para que seja feita a triagem das doadoras e a coleta”, informa.

A dona de casa Maria Vanuza Gomes, moradora de Sobral, teve de mudar sua rotina logo após dar à luz a filha Marília, que nasceu de sete meses. O bebê, agora com um mês de vida, teve complicações durante o parto e foi transferido para o Hospital Regional Norte. Durante a estada no hospital, a mãe da criança resolveu doar parte do leite que sobrava logo após amamentar a filha; uma boa lembrança que ela diz levar para casa quando a menina tiver alta médica. “Acho importante poder alimentar outras crianças com o leite que sobra do peito. É uma emoção inexplicável”, diz a mãe de primeira viagem.

Além das doações de leite materno, o Banco de Leite do HRN também recebe doações de frascos para armazenar o leite doado. Podem ser frascos de vidro lisos, do tipo “café solúvel”, de até 100 gramas, com tampas plásticas e bordas arredondadas. Todos os frascos doados são utilizados para o correto armazenamento do leite. Os bebês prematuros recebem leite em pequenos volumes e, para não haver desperdício, o  Hospital Regional Norte necessita de frascos com tamanhos adequados.
  
Serviço:
Campanha de Doação de Leite Materno do HRN
Telefone: (88) 3677. 9467
Data: de 16 a 20 de maio
Horário: de 7h às 18h

Local: Hospital Regional Norte - Entrada pelo Centro de Apoio à Saúde Reprodutiva da Mulher, na Avenida John Sanford, 1.505, Bairro Junco, Sobral

sábado, 14 de maio de 2016

Plantão judiciário em Nova Russas

Plantão Judiciário garante atendimento no final de semana


TJCEDesembargadores, juízes das Varas Cíveis e de unidades do Juizado Especial Cível e Criminal da Capital, além de comarcas do Interior atenderão em regime de plantão neste fim de semana.
No Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), os plantonistas serão os desembargadores Mário Parente Teófilo Neto e Maria de Fátima de Melo Loureiro. Os magistrados atenderão, respectivamente, no sábado (14/05) e domingo (15/05), das 12h às 18h.
Fórum
No Fórum Clóvis Beviláqua, o plantão ficará a cargo da 32ª e 33ª Varas Cíveis e 19ª e 20ª unidades dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais da Capital. Os juízes estarão disponíveis das 12h às 18h.
Criança e adolescente
Os pedidos urgentes de natureza cível no âmbito de competência da Infância e da Juventude, destinados apenas para apreciação de casos urgentes, serão analisados pelos juízes plantonistas.
Interior
No Interior, o atendimento acontecerá das 8h às 14h nas comarcas de Farias Brito, Crato, Iguatu, Capistrano, Quixadá, Pereiro, Missão Velha, Limoeiro do Norte, Cascavel, Maracanaú, Aquiraz, Umirim, Itapipoca, Massapê, Uruoca, Guaraciaba do Norte, Nova Russas, Tauá e Santa Quitéria.
Com informações do TJCE

quarta-feira, 11 de maio de 2016

ALÉM DA VACINA, CUIDADOS SIMPLES PODEM EVITAR GRIPE

banner como se proteger gripe

Neste ano, até esta terça-feira (10), foram confirmados 10 casos de gripe A (H1N1). Desse total, foram seis óbitos em cinco municípios de diferentes regiões do Estado, sendo dois em Caucaia, um em Fortaleza, um em Juazeiro do Norte, um em Jaguaretama e um em Sobral. As informações foram divulgadas na atualização semanal das doenças de notificação compulsória, feita pela Secretaria da Saúde do Estado e publicada no site www.saude.ce.gov.br. Além da vacina, que protege os grupos prioritários e está nos postos de saúde dos municípios até o dia 20 deste mês de maio, cuidados simples de prevenção individual ajudam a evitar que o vírus H1N1 se espalhe. Um dos cuidados mais eficazes é lavar as mãos frequentemente com água e sabão e utilizar álcool gel.  

Outra importante medida de prevenção individual é sempre que tossir ou espirrar, tape o nariz e a boca com um lenço de papel. Deixe na lixeira os lenços de papéis usados. Se estiver com sintomas de gripe, fique em casa, não vá ao trabalho nem à escola. Evite locais com muitas pessoas e também cumprimentar com abraços, beijos ou apertos de mão.


banner como se proteger gripe profissionais

Aos profissionais de saúde que trabalham em postos de saúde, UPAs 24h e hospitais, tanto para a proteção deles mesmos como dos pacientes, a Secretaria da Saúde do Estado dá uma série de orientações. O primeiro deles é a higienização das mãos antes e após o contato com os pacientes. Nunca os profissionais de saúde devem esquecer  da necessidade do uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), como o avental e luvas, para evitar contato com sangue e secreções. Fazer o descarte adequado de resíduos é outra orientação aos profissionais de saúde.


Vacinação

A vacina é a forma mais segura de se proteger contra o vírus H1N1. Dos seis óbitos confirmados de gripe A este ano no Estado nenhum havia se vacinado em 2015. Ou seja, não estavam protegidos contra o vírus. A campanha de vacinação contra a gripe, que começou no último dia 30, vai até o próximo dia 20 de maio. Até às 16 horas desta terça-feira (10), 40% dos grupos prioritários para a vacinação no Ceará já haviam se vacinado. Entre os grupos prioritários, que devem ser vacinados estão: crianças de seis meses a menos de cinco anos, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, idosos a partir de 60 anos, pessoas com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão,  trabalhadores da saúde, indígena, adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas, população carcerária e funcionários do sistema prisional.

Por Jesus da Costa

ONDE ESTÃO OS POLÍTICOS DE PROJEÇÃO EM NOVA RUSSAS????

Nova Russas vive uma crise política pela falta de homens públicos vocacionados que pensem em se projetar para cenários maiores usando como trampolim o cadastro de feitos em sua terra. É quase escasso a figura do político de projeção no meio político de Nova Russas, pois o meio político erroneamente se limita a restringir o pensamento político. 
Quando falo de políticos de projeção, me refiro aos vocacionados que tem a política como meio transformador de realidades, inclusive a do próprio político, e não o que quer a política como meio de se servir dela e pouco se importar em opiniões futuras. Cadê os políticos da grandeza do Oriel Mota,??? Que foi Prefeito de Nova Russas e depois Deputado, levando o nome de Nova Russas até hoje as rodas políticas nos principais pontos de encontros políticos da Capital.
Fonte: Acervo pessoal do filho de Oriel, Oriel Mota Filho

Os projetos políticos de Nova Russas não pode mais se restringir a sucessões que eleja como capacitado somente os que tem o mesmo sobrenome do Prefeito. O egoismo, a vaidade e o pensamento errôneo em que confunde a coisa pública com uma propriedade privada deve acabar. É preciso que os agrupamento políticos trabalhem um campo de possibilidades que possam contribuir para que novos pensamentos contribuam para o desenvolvimento de Nova Russas. O que é mais importante: O DR ou a vocação de servir??? O dinheiro pra se custear uma campanha milionária ou a vocação de servir???
Chamo de político de projeção aquele ser político que busca crescer politicamente, que pensa desenvolver um bom trabalho local e se projetar para esferas maiores, que deseja crescimento e que levando o nome de Nova Russas pra fora irá ajudar positivamente o município. Temos casos como Sobral, Iguatu, Tamboril e mais recentemente o Parambu, cidade do porte de Nova Russas, que tem hoje 4 filhos da terra como Deputado Estadual na Assembleia e um na Câmara Federal. 
Assisto apaticamente a degradação dos políticos que pensam diferente a isso, que só pensam no dia de hoje, que não tem projeções futuras e que se limitam a tratar a coisa pública como um negócio privado. Em Nova Russas se faz necessário uma reciclagem política dos políticos e dos eleitores, pois o poder nada mais é do que reflexo do povo que é representado. A população precisa parar de decidir o voto com a barriga, e escolher os melhores ou os menos ruins pela racionalidade. Não se admite mais que os compradores de mandatos sucumbam ao poder e tratem a coisa pública como privada, que faça dos feitos públicos aparentares serem feitos seus... Enfim, Nova Russas precisa vocacionar novas gerações de políticos que tenham incutidos em sua formação e sua alma política a vocação de servir e crescer na vida pública.

sexta-feira, 6 de maio de 2016

DILMA SANCIONA REGRAS MAIS RÍGIDAS DO CÓDIGO DE TRÂNSITO

A presidenta Dilma Rousseff sancionou ontem (05) uma série de alterações que endurecem as normas do Código de Trânsito Brasileiro. Entre as novidades, está a pena mais dura para os motoristas que costumam usar telefone celular ao volante. Segurar ou manusear o aparelho enquanto dirige passa a ser infração gravíssima.
Também foi criada uma infração específica para aqueles que se recusarem a se submeter a teste, exame clínico, perícia ou outro procedimento que permita certificar a influência de álcool ou outra substância. A multa, nesses casos, será de R$ 1.915,40 e, em caso de reincidência no período de 12 meses, a penalidade será aplicada em dobro.
O texto prevê que a responsabilidade pela instalação da sinalização nas vias internas pertencentes aos condomínios constituídos por unidades autônomas e nas vias e áreas de estacionamento de estabelecimentos privados de uso coletivo é do proprietário. O descumprimento será punido com multa de R$ 81,35 a R$ 488,10, além das possíveis ações cíveis e penais.
Outro ponto da lei sancionada hoje determina que os veículos licenciados no exterior não poderão sair do território nacional sem o prévio pagamento das infrações de trânsito cometidas e o ressarcimento de danos que tiverem causado ao patrimônio público ou de particulares, independentemente da fase do processo administrativo ou judicial envolvendo a questão.
A nova redação prevê que o uso de qualquer veículo para, deliberadamente, interromper, restringir ou perturbar a circulação na via sem autorização do órgão ou entidade de trânsito com circunscrição será considerada infração gravíssima. Além da multa, a punição inclui a remoção do veículo e a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.
O transporte pirata de passageiros também está sujeito a penalidades mais rígidas. A infração agora é considerada gravíssima, com multa R$1.149,24 e suspensão do direito de dirigir, além do recolhimento da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do motorista flagrado.

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Bruxas à solta

Jornalista Ruy Fabiano
Bruxas à solta (Foto: Arquivo Google)
Michel Temer prometeu que, uma vez no cargo, não promoverá uma “caça às bruxas”. Ocorre que, se não o fizer, será ele mesmo caçado pelas bruxas que promete proteger. Não terá meios de governar se não o fizer.
O PT, reduto das bruxas, com seus conhecidos tentáculos – MST, MTST, CUT, UNE - já avisou que não fará qualquer rito de transição, procedimento básico na mudança de governo.
E não apenas por birra ou vingança, mas, sobretudo, porque a transição exporá o estado de terra arrasada em que deixou a administração pública e a economia do país. Não há um só cofre público imune ao espírito predador da Era PT.
Habitualmente, associa-se caça às bruxas à perseguição ideológica, típica das tiranias. Daí o sentido negativo que o termo adquiriu. Não é o caso. As bruxas, no presente contexto, não foram movidas por ideias ou ideais, mas pela ambição revolucionária de se perpetuar no poder. Um projeto, este sim, tirânico, baseado na rapina ao Estado e na divisão da sociedade brasileira.
Não apenas isso: uma rapina que, com recursos públicos brasileiros (onde está a CPI do BNDES?), financiou projeto idêntico em países vizinhos, hoje dominados, em grau mais avançado, por governos tirânicos e ineficazes, sem condições de prover a população de alguns dos itens mais elementares de consumo, como comida, papel higiênico e energia elétrica.
Venezuela e Bolívia – cujos governantes tiveram a audácia de ameaçar o Brasil de invasão armada - tornaram-se símbolos desse padrão governativo nefasto, concebido pelos luminares do Foro de São Paulo, instituição fundada em 1990 por Lula e Fidel Castro, para unir pela esquerda a América Latina.
De lá, segundo depoimento do próprio Lula, emergiram lideranças como Hugo Chavez, em parceria com organizações criminosas como as Farc, da Colômbia, que Lula sugeriu se transformassem em partido político e disputassem eleições.
São essas as bruxas que não podem ser poupadas, ou continuarão a assombrar a vida pública brasileira.
Se Temer não expuser o estado em que se encontra o país e os responsáveis pela obra – as tais bruxas -, terá dificuldades de encontrar receptividade às medidas impopulares que terá de implementar para que o país comece a se reerguer.
Será erro político imperdoável. Dilma Roussef está deixando a presidência da República pelo mais ameno de seus delitos: os crimes de responsabilidade. Mas há um manancial de outros, de natureza penal, que brotam das múltiplas delações da Lava Jato, que, em uníssono, desautorizam a imagem de honesta e honrada que tenta impingir à opinião pública.
Os delitos que fizeram de Eduardo Cunha persona non grata à sociedade brasileira decorrem da mesma matriz em que Dilma, Lula e o PT sujaram as mãos: a Petrobras.
Cunha tem a seu favor o fato de que roubou menos. Eram parceiros na divisão do botim, e a ele, figura menor na quadrilha, coube menos. Feitas as contas, o que recebeu foram migalhas. E mais: já se sabe onde depositou parte da rapina, em contas (não mais) secretas na Suíça. De seus parceiros, mais vorazes – e que ora o acusam, ocultando o fato de que era cúmplice -, ainda não se sabe nem o valor total, nem as contas em que o guardaram.
Há pistas, razoáveis, algumas já confirmadas. Sabe-se, por exemplo, que parte substantiva alimentou os cofres das campanhas da reeleição de Lula e das duas eleições de Dilma.
Ela pode não a ter colocado em conta pessoal, como Cunha, mas isso não a torna mais honesta, nem mais honrada. De certa forma, a torna pior, já que lhe deu destino mais predador, ao usá-la para chegar ao poder e nele levar o país à bancarrota, com seu cortejo de dramas e mazelas sociais.
Cunha já está pagando, ainda que parcialmente, por seus atos: será cassado pelo Conselho de Ética e sentenciado pelo STF. Já não tem como tirar sua reputação do lixo e não terá como voltar à vida pública. Acabará preso – e sabe disso.
Não dispõe de um palácio para reunir sua militância e fazer-se de vítima. Não possui palácio ou militância, nem desfruta do benefício da dúvida, já que dúvida a seu respeito não há. Está sentenciado pela opinião pública, sem consolo moral.
Dilma e Lula, não. Têm ainda defensores fervorosos dentro e fora do país, agregados a um projeto político que, em nome da defesa dos pobres, aumentou a faixa de pobreza.
Não foram, como diz a propaganda, 30 milhões de pobres que ascenderam à classe média, mas o contrário. O desemprego aumenta na classe média. Já se contabilizam, até aqui, mais de dez milhões, que ainda purgam a falta de expectativa de que as coisas melhorem no curto prazo.
O esperneio do PT e da presidente, apelando à retórica insustentável do golpe, é, este sim, um golpe – e, antes de mais nada, contra a inteligência e a paciência da população.
Felizmente não há bruxaria que mude o curso dos acontecimentos. A menos, claro, que Temer decida mesmo deixá-las à solta.

‘Decisão extraordinária e corajosa’, diz Barbosa sobre afastamento de Cunha

Joaquim-Barbosa
O ex-presidente do STF Joaquim Barbosa usou o Twitter para elogiar a ação de Teori Zavascki, “O ministro Teori acaba de tomar uma das mais extraordinárias e corajosas decisões da história político-judiciária do Brasil”, afirmou

Dilma trata Rodrigo Janot como “traidor”

janot-dilma
O motivo foi o pedido do procurador-geral da República para investigá-la por suposta obstrução da Justiça feito nesta terça-feira (3). Em delação premiada, Dilma foi acusada pelo senador Delcídio do Amaral (ex-PT-MS) de indicar um ministro para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) com o objetivo de facilitar a vida de investigados na Operação Lava Jato.
Desde terça Janot está sendo tratado por Dilma como “traidor”. Nesse mesmo grupo estão o vice-presidente da República, Michel Temer, e os ex-ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco, aliados de Temer.
Foi Dilma quem indicou e reconduziu Janot para o cargo mais importante do Ministério Público Federal. A recondução para dois anos de mandato ocorreu em agosto do ano passado.
A assessoria de imprensa do Palácio do Planalto negou com veemência que Dilma tenha passado a tratar Janot como “traidor”.