segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Preso um dos acusados do duplo homicídio em Nova Russas

Wellington Rolinha
Ontem(19) por volta das 9h, após denúncia anônima foi preso e conduzido a DPC DE CRATEÚS-CE, o Sr. Wellington de Araújo 20 anos , Vulgo “Wellington Rolinha”, solteiro, desocupado,  residente na localidade de Agua Boa s/n, zona rural de Nova Russas, nat. de Nova Russas-CE. Foi preso em sua residência acusado de ter participado de um duplo homicídio a BALA realizado no Parque de eventos Padre Cicero, localizado a 5 KM da sede do município, por volta das 04:30 da manhã do dia 19/11/2017, juntamente com outros comparsas que até o presente momento ainda estão foragidos, os dados do duplo homicídio estão no radiograma de num. 952.

Dentinho
A composição da CP 7222 após o cerco realizado com sucesso e com a prisão de um dos acusados do duplo homicídio,vulgo "rolinha" foi apresentado ao delegado de plantão em Crateús, e após ouvir as partes assim como 4 testemunhas que estavam na referida festa, um dos acusados foi autuado no Art. 121 do CPB. Rolinha em depoimento disse que o autor dos disparos que matou  Bruno Pires do Nascimento de 20 anos de idade e Herlandim Sampaio de 27 anos, foi Wellington Oliveira de Sousa, vulgo “Wellington Dentinho”, 19 anos, residente na Av. Jota Lopes Pedrosa, bairro Progresso – Nova Russas. Wellington Dentinho está foragido e através de familiares, informou que irá se apresentar nas próximas horas. 
De acordo com a polícia, no telefone celular de “Wellington Rolinha”, apreendido pelos PMs, há detalhes do crime, além de diálogos entre os dois  acusados dos homicídios relacionados à outros crimes, entre eles, assaltos que estavam ocorrendo em nossa região.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, close-up
Bruno
Vítimas 
Herlandim

Duplo homicídio em Nova Russas


O fato foi registrado na madrugada deste domingo 19/11/2017, no Parque Padre Cícero, distante 5km de Nova Russas, local onde acontecia uma evento,   e as vítimas foram :

1° Bruno Pires do Nascimento, solteiro, nascido aos 25/08/1998, ajudante de pintor, filho de Antônia Rosa Pires do Nascimento, residente Na Rua Rufino José de Sousa, Bairro Sagrado Coração de Jesus - Nova Russas.
Vale salientar que Bruno veio a óbito no local.

2° Herlandim Sampaio de Carvalho, natural de Nova Russas, nascido aos 28/12/1990, filho de Raimundo Nonato de Carvalho e Lúcia Sampaio de Carvalho, residente na Rua Delmiro Farias Reis, Bairro São Francisco em Nova Russas, o qual sofreu um tiro na cabeça sendo socorrido com vida para o hospital de Nova Russas onde veio a óbito.

Segundo informações repassadas para a polícia, um elemento armado chegou no local e passou a atirar contra as vítimas, e em seguida o atirador fugiu tomando rumo ignorado.
 A polícia militar realiza diligências no intuito de identificar e prender o acusado.

Informações Ipaporanga Noticias

Confira lista de municípios que aderiram ao feriado de 20/11 (Dia da consciência negra)

O Dia da Consciência Negra é comemorado na data da morte de Zumbi dos Palmares, em 20 de novembro. Ele foi o último líder do maior dos quilombos do período colonial, o Quilombo dos Palmares. A data foi incluída no calendário escolar nacional em 2003 e em 2011 a Lei 12.519 instituiu oficialmente a data como o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra.
Zumbi dos Palmares
Zumbi dos Palmares
Foto: Divulgação
A data é feriado em mais de mil cidades brasileiras. A lei que regulamenta a data pode ser conferida no levantamento da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) .

Acre

Não é feriado em nenhuma cidade do Acre o dia 20 de novembro.

Alagoas

De acordo com a Lei Estadual n° 5.724 de 1995, todos os municípios do estado de Alagoas têm feriado no Dia da Consciência Negra.

Amazonas

Lei estadual de 2010 institui o dia 20 de novembro como feriado emtodos os municípios do Amazonas . A capital Manaus também tem uma lei municipal que decreta o feriado do Dia da Consciência Negra.

Amapá

Desde 2007 o Estado do Amapá determinou, via lei, que a data é feriado em todas as cidades do Estado.

Bahia

Só três cidades têm lei municipal que determina a data como feriado:
- Alagoinhas 
- Camaçari 
- Serrinha

Ceará

O Dia da Consciência Negra não é feriado em nenhuma cidade.

Distrito Federal

Não há feriado no DF para o Dia da Consciência Negra.

Espírito Santo

Apenas duas cidades têm feriado oficial no dia 20 de novembro:
- Cariacica 
- Guarapari

Goiás

Quatro cidades goianas celebram o Dia da Consciência Negra: 
- Goiânia 
- Aparecida de Goiânia 
- Flores de Goiás 
- Santa Rita do Araguaia.

Maranhão

Só o município de Pedreiras tem lei municipal que determina 20 de novembro feriado.

Minas Gerais

É feriado Dia da Consciência Negra em 11 municípios mineiros , incluindo a capital, Belo Horizonte.
- Além de Paraiba 
- Belo Horizonte 
- Betim 
- Guarani 
- Ibiá 
- Jacutinga 
- Juiz De Fora 
- Montes Claros 
- Santos Dumont 
- Sapucai-Mirim 
- Uberaba

Mato Grosso do Sul

Somente em uma cidade, Corumbá , é feriado oficial.

Mato Grosso

Todas as cidades do Estado , inclusive a capital Cuiabá, têm feriado em 20 de novembro.

Paraíba

Só João Pessoa , capital do Estado, tem o 20 de novembro como feriado.

Pará

Nenhuma cidade do Pará tem feriado na data.

Paraná

Só duas cidades paranenses têm feriado oficial no 20 de novembro:
- Guarapuava 
- Londrina 

Pernambuco

Nenhuma cidade de Pernambuco tem feriado na data

Piauí

Não é feriado em nenhuma cidade do Estado.

Rio de Janeiro

Uma lei estadual de 2002 determina que o Dia da Consciência Negra seja feriado em todos os 92 municípios fluminenses , inclusive na capital a cidade do Rio de Janeiro .

Rio Grande do Norte

Não é feriado em 20 de novembro em nenhuma cidade do Estado.

Rio Grande do Sul

Não é feriado em nenhum município do Estado.

Rondônia

Não é feriado, em 20 de novembro, em nenhuma cidade do estado.

Roraima

Em nenhuma cidade do estado será feriado no dia 20 de novembro.

Santa Catarina

Florianópolis é feriado de acordo com lei municipal

São Paulo

A data está no calendário oficial de 102 municípios, incluindo a capitalSão Paulo . Veja a lista de cidades:
- Aguai 
- Águas Da Prata 
- Águas De São Pedro 
- Altinópolis 
- Americana 
- Americo Brasiliense 
- Amparo 
- Aparecida 
- Araçatuba 
- Aracoiaba da Serra 
- Araraquara 
- Araras 
- Bananal 
- Barretos 
- Barueri 
- Bofete 
- Borborema 
- Buritama 
- Cabreuva 
- Cajeira 
- Cajobi 
- Campinas 
- Campos do Jordão 
- Canas 
- Capivari 
- Caraguatatuba 
- Carapicuíba 
- Charqueada 
- Chavantes 
- Cordeirópolis 
- Cruz das Almas 
- Diadema 
- Embu 
- Embu Das Artes 
- Estância De Atibaia 
- Florida Paulista 
- Franca 
- Franco Da Rocha 
- Francisco Morato 
- Franco da Rocha 
- Getulina 
- Guaira 
- Guarujá 
- Guarulhos 
- Hortolândia 
- Ilhabela 
- Itanhaem 
- Itapecerica da Serra 
- Itapeva 
- Itapevi 
- Itararé 
- Itatiba 
- Itu 
- Ituverava 
- Jaguariuna 
- Jambeiro 
- Jandira 
- Jarinu 
- Jaú 
- Jundiaí 
- Juquitiba 
- Lajes 
- Leme 
- Limeira 
- Mauá 
- Mococa 
- Olímpia 
- Paraiso 
- Paulo de Faria 
- Pedreira 
- Pedro de Toledo 
- Pereira Barreto 
- Peruíbe 
- Piracicaba 
- Pirapora do Bom Jesus 
- Porto Feliz 
- Ribeirão Pires 
- Ribeirão Preto 
- Rincão 
- Rio Claro 
- Rio Grande Da Serra 
- Salesópolis 
- Salto 
- Santa Albertina 
- Santa Isabel 
- Santa Rosa de Viterbo 
- Santo André 
- Santos 
- São Bernardo do Campo 
- São Caetano do Sul 
- São João Da Boa Vista 
- São Paulo 
- São Vicente 
- Sete Barras 
- Sorocaba 
- Sumaré 
- Suzano 
- Votorantim.

Tocantins



Só Porto Nacional tem lei municipal que determina feriado em 20 de novembro.

sábado, 18 de novembro de 2017

Tribunal de Justiça remove juízes de Ararendá, Ipaporanga e Tamboril

Clique para Ampliar
O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) aprovou, a remoção de 22 juízes de Comarcas do Interior pelo critério de antiguidade. A sessão foi presidida pelo desembargador Francisco Gladyson Pontes, chefe do Judiciário cearense.
O juiz Jorge Cruz de Carvalho, titular da 2ª Vara de Brejo Santo, irá atuar como auxiliar da 4ª Zona Judiciária, sediada na Comarca de Russas, de Entrância Intermediária.
Os demais magistrados foram removidos para comarcas de Entrância Inicial.
Confira a relação:
DIOGO ALTORBELLI SILVA DE FREITAS – Juiz da Comarca de Mauriti removido para Alto Santo;
SYLVIO BATISTA DOS SANTOS NETO – Juiz da Comarca de Antonina do Norte removido para Araripe;
JULIANNE BEZERRA BARROS – Juíza da Comarca de Quixelô removida para Barreira;
JAIR TELES DA SILVA FILHO – Juiz da Comarca de Itapiúna removido para Capistrano;
LUCAS MEDEIROS DE LIMA – Juiz da Comarca de Jaguaribe removido para Caririaçu;
ANDRÉ ARRUDA VERAS – Juiz da Comarca de Quiterianópolis removido para Farias Brito;
BERNARDO RAPOSO VIDAL – Juiz da Comarca de Ararendá removido para Forquilha;
ERICK OMAR SOARES ARAÚJO – Juiz da Comarca de Chorozinho removido para Horizonte;
ANDERSON ALEXANDRE NASCIMENTO – Juiz da Comarca de Groaíras removido para Ibiapina;
CHRISTIANO SILVA SIBALDO DE ASSUNÇÃO – Juiz de Santana do Cariri removido para Itaitinga;
SÉRGIO DA NÓBREGA FARIAS – Juiz do Solonópole removido para Itarema;
CRISTIANO SOUSA DE CARVALHO – Juiz da Comarca de Novo Oriente removido para Mucambo;
ANNA CAROLINA FREITAS DE SOUZA – Juíza de Aiuaba removido para Pacoti;
BRUNA DOS SANTOS COSTA RODRIGUES – Juíza da Comarca de Graça removida para Paracuru;
DIOGO SACRAMENTO SEIXAS LOROSA – Juiz da Comarca de Ipaporanga removido para Paraipaba;
CAIO LIMA BARROSO – Juiz da Comarca de Jaguaretama removido para Pentecoste;
ALFREDO ROLIM PEREIRA – Juiz da Comarca de Palmácia removido para Pindoretama;
JULIANA SAMPAIO DE ARAÚJO – Juíza da Comarca de Acarape removida para Redenção;
PAULO JEYSON GOMES ARAÚJO – Juiz da Comarca de Varjota removido para Reriutaba;
WILSON DE ALENCAR ARAGÃO – Juiz da Comarca de Tabuleiro do Norte removido para Santana do Acaraú;
CRISTIANO SANCHES DE CARVALHO – Juiz da Comarca de Tamboril removido para Trairi.
Site: Tribunal de Justiça

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Nova Russas: Por que os vices brigam

Em Nova Russas, desde o período de transição da Ditadura para o período Democrático, o rompimento dos vices com seus prefeitos tem mantido o equilíbrio.  Os motivos são os mais variados e existe versões para ambos os lados.
Se não vejamos:
O vice prefeito de Nova Russas no governo do ex-prefeito Chico Rosa, foi seu Manuel Diogo. Os dois não concluíram o mandato juntos.
Acácio teve dois Vices e não chegou a romper com nenhum. O primeiro foi Adaberto Tavares e o segundo  Dioguinho, este último,  por dois mandatos.
Acácio navegou em águas tranquilas, a bem da verdade, naquele período os vereadores não tinham tanta influência no executivo, como nos dias atuais.
A ex-prefeita Iranede Veras teve como vice prefeito Hermenegildo Martins (Mocó), um ser humano extraordinário que vivia para servir ao próximo. Também não houve rompimento.
O roteiro político de Nova Russas passa a ter uma mudança de paradigma com a  eleição do ex-prefeito Marcos Alberto.que tinha como vice-prefeito Paulo Evangelista. Os dois não demoraram a romper e Paulo acabou assumindo a prefeitura.
Gonçalo Diogo também teve um rompimento com seu vice-prefeito Sérgio Brito. As relações ficaram estremecidas e o rompimento foi inevitável.
Como podemos perceber no período democrático três vice-prefeitos romperam, Manuel Diogo, Paulo Evangelista e Sergio Brito. E três não romperam, Adelberto, Mocó, e Dioguinho.
Assim, Junior Mano torna-se a pedra angular nessa estatística.
Escuta-se nos bastidores da política local que o atual vice prefeito Junior Mano, estaria insatisfeito por uma série de motivos. Dentre eles: o vice não estaria mais sendo consultado em nenhuma decisão política, que existiria um comando mais forte que o próprio prefeito, a falta de identidade do governo que foi eleito com grande aceitação popular por se tratar de dois jovens e virou uma salada política, onde quem mais ajudou e trabalhou está ficando de fora. Acordos políticos que não estariam sendo cumpridos, o município perdendo recursos por está inadimplente e principalmente com a melhoria na área da saúde que foi bandeira maior de campanha.
A eleição da Câmara pode ser o divisor de águas. Vamos aguardar!
(Ceara Noticias/ Reginaldo Silva)

Blog - Ressalte-se que a inadimplência foi herdada pelo governo anterior, (gestão Gonçalo Diogo)  prejudicando sensivelmente o município.Nesta situação, Nova Russas fica impedido de receber recursos do estado e não pode firmar convênios com a União.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Brasil registra queda no número de casamentos e aumento de divórcios em 2016




Casamento comunitário reúne casais no Centro de Convenções de Brasília -Wilson Dias/Agência Brasil
O Brasil registrou 1.095.535 casamentos civis em 2016, dos quais 1.090.181 entre pessoas de sexos diferentes e 5.354 entre pessoas do mesmo sexo. Houve queda de 3,7% no total de casamentos em relação a 2015. É o que mostra a pesquisa Estatísticas do Registro Civil 2016, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada hoje (14).

A redução foi observada tanto nos casamentos entre cônjuges de sexos diferentes quanto entre cônjuges do mesmo sexo, com exceção das regiões Sudeste e Centro-Oeste que apresentaram aumento nos casamentos civis entre pessoas do mesmo sexo, de 1,6% (de 3.077 para 3.125 casamentos) e 7,7% (de 403 para 434 casamentos), respectivamente.

No Brasil, nas uniões civis entre cônjuges solteiros de sexos diferentes, os homens casam-se, em média, aos 30 anos, e as mulheres, aos 28 anos. Nas uniões entre pessoas do mesmo sexo, a idade média no casamento era de cerca de 34 anos, tanto para homens quanto para mulheres.

Divórcios
Em 2016, a pesquisa apurou que foram concedidos 344.526 divórcios em 1ª instância ou por escrituras extrajudiciais, um aumento de 4,7% em relação a 2015, quando foram registrados 328.960 divórcios.

Em média, o homem se divorcia mais velho que a mulher, com 43 anos dele contra 40 dela. No Brasil, o tempo médio entre a data do casamento e a data da sentença ou escritura do divórcio é de 15 anos.

A maior proporção das dissoluções ocorreu em famílias constituídas somente com filhos menores de idade (47,5%) e em famílias sem filhos (27,2%). A guarda dos filhos menores é ainda predominantemente da mãe e passou de 78,8% em 2015 para 74,4% em 2016. A guarda compartilhada aumentou de 12,9% em 2015 para 16,9% no ano passado.

Nascimentos
No ano passado, 2.793.935 nascimentos foram registrados no Brasil, uma redução de 5,1% na comparação com 2015, quando foram contabilizados 2.945.344 nascimentos. Foi a primeira queda desse número desde 2010.

A região com menor queda foi a Sul (-3,8%) e com a maior redução foi a Centro-Oeste (-5,6%). Entre as unidades da Federação, apenas Roraima apresentou aumento de nascimentos (3,9%). Já Pernambuco teve a maior queda no número de nascimentos (-10%).

Segundo o IBGE, os nascimentos no Norte do país têm maior concentração no grupo de idade das mães de 20 a 24 anos (29,6% dos nascimentos), resultado de uma população relativamente mais jovem nessa região em comparação com as demais.

Por outro lado, nas regiões Sul e Sudeste, o maior percentual de nascimentos ocorre entre as mulheres de 25 a 29 anos (Sul, 24,7% e Sudeste, 24,3%), 20 a 24 anos (23,5%) e 30 a 34 anos (22,1%).
Agência Brasil

Pastor Wanderley Rodrigues lança em Charito, projeto "RESGATANDO VIDAS PELO PODER DE DEUS"

Assim é a vida cristã do pastor Wanderley Rodrigues vocacionado na missão de evangelizar, dedicado e incansável, como servo do Senhor Jesus, buscando por meio do "Evangelho" restaurar vidas e  mostrar que o único caminho é seguir o Mestre Jesus Cristo..O nosso Salvador. "Resgatando Vidas pelo Poder de Deus". 

   



Há pastores na maioria das igrejas. Muitas pessoas almejam o cargo de pastor. Biblicamente, a função dos pastores é cuidar do rebanho (igreja) de Deus (veja 1 Pedro 5:1-2; Atos 20:28). Como servos de Deus, os verdadeiros pastores mostrarão a sua preocupação com a vontade do Senhor, fazendo e ensinando o que ele diz.


Empresária Terezinha Abreu é eleita presidente da CDL de Nova Russas para o biênio 2018/2020

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Numa eleição amistosa, com chapa única encabeçada pela empresária Terezinha Abreu, a Câmara de Dirigentes Logistas (CDL) de Nova Russas elegeu por unanimidade e pela primeira vez na história da entidade uma mulher para administrar nos próximos dois anos. A eleição contou com a participação  de sócios que prestigiaram em decisão democrática o nome consensual da empresária que terá a incumbência de elaborar estratégias eficientes no sentido de alavancar bons resultados para o comércio de Nova Russas. Terezinha deve fazer mudanças significativas na entidade, sobretudo em tempos de crise em que o comércio tem sofrido grandes perdas. Terezinha é uma empresária bem sucedida e de visão empreendedora, proprietária de um Supermercado de gêneros alimentícios e de outras centenas de produtos com vendas no atacado e no varejo, cuja empresa tem o seu nome (Mercantil da Terezinha) campeão de vendas e que passa por uma mega reforma. Boa sorte, neste novo desafio à frente da CDL.

domingo, 12 de novembro de 2017

Pipeiros não entram em acordo com Exército e carros-pipa continuam parados


Resultado de imagem para carros pipa parados


A paralisação de pipeiros no Ceará continua. Na última sexta, dia 10 de novembro, houve uma reunião no 23° Batalhão de Caçadores, em Fortaleza, entre representantes do Exército e pipeiros, mas ainda não houve acordo para por fim à greve.
Cerca de 1.800 carros-pipa cadastrados no programa emergencial de abastecimento de água em áreas rurais do Estado deixaram de circular desde a última segunda-feira, dia 6 de novembro. O principal motivo da paralisação é a falha no sistema eletrônico de aferição das rotas, que estaria provocando atraso de até três meses no pagamento dos pipeiros.
A Operação Carro-Pipa, do Governo Federal, é coordenada pela 10ª Região Militar do Exército Brasileiro, que é responsável pelo controle e fiscalização do serviço.
A estimativa é que cerca de 900 mil pessoas estão prejudicadas com a paralisação. A 10ª Região Militar, responsável pela distribuição da água no Ceará e Piauí, tenta dar uma solução para o impasse.
Após duas horas de reunião, não houve acordo entre Exército e pipeiros. A paralisação continua nas zonas rurais dos municípios cearenses, o que pode agravar ainda mais a situação de abastecimento de água nas regiões mais atingidas pela seca.

Prefeito de Ararendá é alvo de críticas do líder do prefeito de Ipueiras durante sessão na Câmara



O Prefeito do Ararendá, Aristeu Eduardo ( PT),  recebeu fortes críticas por parte dos vereadores da bancada de situação de Ipueiras na sessão da Câmara Municipal do dia 09-11-2017.

O vereador Antônio Dandão, líder do prefeito reclamou a forma como os ipueirenses são mal tratados no Hospital de Ararendá. De acordo com Dandão o prefeito de Ararendá tem memória curta e não se lembra que quando foi para ele se eleger o Hospital de Ipueiras recebia 'carradas' de gente do Ararendá para ser atendidos.

"O Prefeito Aristeu anda matriculando os alunos de Ipueiras no Ararendá que é para aumentar o repasse" afirmou o Líder do Prefeito de Ipueiras. 

O Vereador Gonçalinho do Livramento chegou a se pronunciar dizendo que ele mesmo era quem trazia o povo do Ararendá para ser consultado em Ipueiras e lamentou o fato de o Prefeito Aristeu está se comportando de tal maneira.

Por Gonçalinho Rodrigues

sábado, 11 de novembro de 2017

Nova Russas celebra 95 anos de emancipação política com intensa e variada programação

A imagem pode conter: texto
Nova Russas é um município brasileiro do Ceará situado no oeste do estado, localiza-se na microrregião do Sertão de Crateús, mesorregião dos Sertões Cearenses, com pouco mais de 31 mil habitantes e 741,4 km².
EMANCIPAÇÃO POLÍTICA


Formação Administrativa (Fonte Wikipédia)
Em 1901 o distrito de Nova Russas já figurava no município de Ipueiras. Em 1922 se emancipou de Ipueiras e anexou 2 distritos ipueirense (Águas Belas e Várzea Formosa). Em 1931, o Nova Russas foi rebaixada a distrito de Ipueiras, mas em 1933 se emancipou novamente. No mesmo ano de 1933 mais um distrito: Santana. Em 1935 o distrito nova-russas, Várzea Formosa foi transferido para o município de Ipueiras. Em 1936 Nova Russas tem um novo distrito: Bom Jardim, mas ao que parece Santana é rebaixada a povoado ou é transferida, pois não figura nas divisões territoriais de 1936 e 1937, segundo o IBGE. Em 1938 Bom Jardim é rebaixado de distrito a povoado, e seu território é anexado ao distrito-sede, e é criado um novo distrito: Canabrava. Em 1943 os distritos sofrem mudanças de nome: Canabrava vira Ararendá e Águas Belas vira Ipaporanga. Em 1963 Ararendá se emancipa de Nova Russas, e em 1963 é Ipaporanga que se emancipa. No mesmo ano são criados 5 distritos em Nova Russas. CanindezinhoMajor SimplícioNova BetâniaSanto Antônio e São Pedro. Em 1964, mais um distrito: Sacramento. Em 1965, Nova Russas anexa o território dos extintos municípios Ararendá e Ipaporanga, que foram rebaixados a distrito. Em 1987 os distritos Ipaporanga e Sacramento se desmembram para formar o novo município de Ipaporanga. Em 1990 Ararendá e Santo Antônio se desmembram para formar o novo município de Ararendá. Em 1993 é criado o distrito Espacinha

História
As terras ao sopé da Chapada da Ibiapaba, às margens dos rios AcaraúPoti e Curtume eram habitadas por diversa etnias entres elas os Tabajara8 , Caratiú, Tupinambá9 .
Com a definitiva ocupação do solo cearense pelos portugueses na segunda metade do século XVII, a expansão do ciclo do Charque e da Carne-seca no século XVIII, a doação de terras via semarias, chegaram a região famílias que implantaram fazenda de gados como as do Curtume e do Olho d'Água Grande.
A cidade de Nova Russas surgiu do desenvolvimento da Fazenda Curtume, situada às margens do riacho várzea Grande, implantada pelo Capitão-Mor Bernardino Gomes Franco, que se estabeleceu na localidade no segundo quartel do século XVIII. O nome da fazenda provém da pequena atividade rudimentar de curtir couros peles, praticada pelo seus primitivos proprietários dai o nome curtume. A fazenda passou por sucessivos proprietários até chegar ao domínio de Manuel Oliveira Peixoto e sua esposa, que doaram no ano de 1876 uma parte desta à paróquia de Santo Anastácio de Tamboril, para constituir o patrimônio de uma capela devotada a Nossa Senhora das Graças, construída posteriormente pelo vigário de Tamboril, padre Joaquim Ferreira de Castro.
Em torno dessa capela desenvolveu-se o povoado que o padre denominou Nova Russas, ou seja, outra Russas, homenagem à localidade do Baixo Jaguaribe do mesmo estado de onde padre Joaquim era natural.
Em 17 de agosto de 1902 a povoação foi elevada a categoria de distrito Judiciário do município de Ipueiras, data em que adotou oficialmente o nome de Nova Russas. Curtume, que era o nome da fazenda, foi aplicado ao rio que banha a cidade vindo a se denominar Curtume.
Com expansão da Estrada de Ferro de Sobral-Camocim, para a cidade de Ipu, a malha ferroviária desta chegou a Novas Russas, fato ocorrido em 3 de novembro de 1910instalando nesse referencial itinerante a Estação de Cargas e Passageiros.10 O então distrito de Nova Russas teve grande desenvolvimento, tendo sido pouco tempo depois emancipado através da lei estadual 2043 de 11 de novembro de 1922, desmembrado do município de Ipueiras11 e instalado em 28 de janeiro de 1923 com a posse de seu primeiro gestor Sr. Antonio Rodrigues Veras. Foi extinto pelo decreto 193 de 20 de maio de 1931 e anexado ao município de Ipueiras e restaurado em 4 de dezembro de1933 pelo decreto estadual 1156 do interventor federal do estado, capitão Roberto Carneiro de Mendonça que também nomeou como interventor municipal Luís Moreira de Barbalho. O território primitivo do município foi dividido para a formação de duas outras cidades; Ipaporanga e Ararendá
Da capela de Nossa Senhora das Graças, surgiu a paróquia de Nova Russas, por ato do bispo Dom José Tupinambá da Frota, no dia 15 de agosto de 1937, sendo deu primeiro vigário o Padre Francisco Ferreira de Morais.
Com a pecuária, o curtume, a estrada de Sobral-Crateús e a criação da paróquia de local, Nova Russas consolidou-se o centro urbano e município.
Cultura

Nossa cultura é bastante diversificada, mas, cinco momentos são os mais festejados:

Carnaval
Resultado de imagem para carnaval de nova russas 2017

Nova Russas foi a primeira cidade do Ceará a realizar um projeto carnavalesco, através da construção de um trio elétrico. As ruas por onde o trio passa são decoradas de acordo com o tema abordado.
Com isso, o carnaval de Nova Russas, na região, é um dos mais procurados por turistas de outros municípios.
Esses turistas vêm a Nova Russas a procura de diversão, pois é uma cidade alegre e hospitaleira.

Festa Junina
Resultado de imagem para festival junino de nova russas
Os festejos juninos do município é um dos maiores da região, onde resgata a cultura nordestina. São comemorados no parque da cidade, com belas apresentações de quadrilhas do município e de outras regiões. Fato cultural e tradicional que as autoridades estão sepultando ao longo dos anos. Neste ano o prefeito Rafael Pedrosa resgatou o festival de quadrilhas juninas. 

Festa da Padroeira
Resultado de imagem para festa da padroeira de nova russas
A festa da padroeira Nossa Senhora das Graças, é um dos momentos em que a sociedade participa com muita fé e devoção.
Os festejos ocorrem em agosto e é uma fonte de incentivo ao turismo. Ela além de trazer de volta os filhos da terra que escolhem o período festivo para voltar à cidade, também impulsiona a Economia local.

7 de Setembro
Resultado de imagem para desfile de 7 de setembro em nova russas

No ano de dois mil e nove (2009) a cidade de Nova Russas resgatou no dia sete de Setembro um maravilhoso desfile, em comemoração a Independência do Brasil.
As escolas municipais, estaduais e privadas, bem como o Exercito, o Corpo de Bombeiro e a Polícia Militar, fizeram uma bela apresentação para o público e Autoridades presentes. De lá pra cá a efeméride histórica nacional tem sido lembrada muito discretamente.


DIVERSOS
A CAPITAL DO CROCHÊ
Resultado de imagem para crochê de nova russas

Entre os variados tipos de artesanato produzido em nossa cidade, o crochê tem um grande destaque. O mesmo é gerador de fonte de renda, não só para quem os produz, mas também, para as pessoas que ganham a vida direto ou indiretamente por meio deste artesanato.
Aqui, podemos encontrar várias lojas de venda do produto, mas, o lugar mais conhecido para comercializá-lo é a feira do crochê, onde pessoas de várias localidades veem vender suas peças para os chamados atravessadores, que são compradores que fazem a revenda em outras regiões do país. A feira funciona aos sábados na Praça da Estação.
Existem duas associações ligadas a esse artesanato: ARTCRON e ASCRON. Esta última nasceu na década de 1980, criada por um grupo de mulheres crocheteiras, com o objetivo de se libertarem dos atravessadores e buscarem a valorização dos seus produtos. Somente em 1985 tornou-se uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que tem a missão de contribuir na organização das associadas para a produção e a comercialização do crochê, visando a melhoria da qualidade de vida e a transformação das relações desiguais de gêneros. Vale ressaltar que algumas peças produzidas pela associação foram exportadas para o exterior. A associação possui, ainda, uma loja em Fortaleza e que recebe produtos artesanais de outros grupos.



EDUCAÇÃO NOVARUSSENSE
Resultado de imagem para educação de nova russas


Após a emancipação do município, as pessoas que buscavam o caminho da instrução apelavam para os tradicionais mestres particulares. Com o passar do tempo surgiram as primeiras escolas públicas e particulares.
Em 1920 foi criado um pequeno colégio do Sr. Venceslau Vieira Batista. Logo depois, sobre a direção do Sr. Pedro Teles, foi instalado o instituto Pio XI.
Já na década de 1930, o juiz municipal, Dr. Aderbal Nunes Freire, percebendo a carência da juventude, fundou um colégio para as moças durante o dia e para rapazes, durante a noite.
Mais tarde o Pe. Francisco Soares Leitão, percebendo a expansão educacional e o grande número de alunos, fundou o ginásio Monsenhor Tabosa. Com o auxilio do professor Odilon Evangelista Azevedo e a ajuda do povo, construiu um prédio relativamente adequado, com o patrimônio da paróquia. Nele foi instalado o Patronato Auxilium que ficou sobre o comando das irmãs Salesianas.
Nos períodos de 1960 à 1999, várias escolas da rede pública e particular foram criadas, tais como, a Escola Monsenhor Leitão (extinta), a Escola Alfredo Gomes, Colégio Estadual Olegário Abreu Memória, a Escola Zilmar Mendes Martins, a Escola Gonçalo Mourão (hoje desativada), o Colégio Municipal 11 de Novembro, a Escola Municipal José Santos Mourão, Cornélio Rosa e a Escola Municipal São José entre outras.
Entre as escolas particulares, temos Colégio Vale do Curtume, Escola Modelo de Nova Russas, Educandário João de La Sale, a Escola Bambino. Podemos dizer que quanto ao ensino, a cidade de Nova Russas é privilegiada, pois em 1995 mais um pilar foi erguido com a criação do Campus Avançado da Universidade Vale do Acaraú (UVA). As faculdades particulares também se expandem no município oferecendo diversos cursos de graduação. Atualmente a educação de Nova Russas ocupa dentre os municípios da 13ª Crede a incômoda vice lanterna com mau desempenho nas avaliações do estado, perdendo para Crateús que está na última colocação.



NAS MARGENS DO RIO CURTUME
 Resultado de imagem para rio curtume de nova russas

Historicamente o rio Curtume teve uma grande contribuição para o surgimento de nossa cidade, pois foi às margens do rio que se iniciou o povoamento da região onde hoje se encontra a nossa cidade.
Com o passar do tempo e com o aumento populacional, vários problemas surgiram, um deles diz respeito à necessidade de se criar um eficaz sistema de esgoto. Outro problema, refere-se aos dejetos produzidos pelas residências nas proximidades das margens do rio Curtume, despejados, não obstante, em seu leito. Em 2000 iniciou-se um projeto de saneamento básico denominado SANEAR, com o objetivo de revitalizar o rio. Esse projeto não atendeu a toda a população, mas melhorou na parte central da cidade.
Em 2008 iniciou-se uma obra de canalização, onde foram construídas passagens molhadas, evitando problemas posteriores como as inundações no período chuvoso.
Nas margens do rio eram visíveis plantações de capim e fabricação de tijolos nas chamadas caeiras, onde utilizavam-se o barro e a água do próprio rio, causando assim degradação das margens e da vegetação natural. As obras do projeto de urbanização do rio Curtume foram retomadas pela gestão atual depois de alguns anos paralisadas pela letargia de governantes anteriores.


NOS TRILHOS DA SAUDADE

Resultado de imagem para estação ferroviaria de nova russas


Como consequência da Revolução Industrial deu-se o surgimento das estradas de ferro, tendo em vista a facilitação de transportes mais eficientes e com maior potencialidade para as fábricas deslocar seus produtos manufaturados e as matérias-primas. No século XIX, por volta dos anos de 1860, tornou-se mais intenso o comércio entre portos estrangeiros com o Ceará.
Neste período, visando de imediato diminuir o sofrimento dos sertanejos oprimidos pela seca que assolou o Estado por três anos, entre 1877 a 1879, Dom Pedro II trouxe para o Ceará uma estrada de ferro que ligava Sobral às demais cidades da região norte, chegando até Crateús. A construção foi iniciada no ano de 1878, também com o intuito de gerar emprego para os flagelados. Os estudos topógrafos do grande projeto foram realizados pela equipe comandada pelo então engenheiro francês Dr. José Privat. Os primeiros trilhos foram assentados na cidade de Camocim em direção a Sobral, trecho esse de 129 km, que foi inaugurado em 1882.
Com o declínio do Império as obras foram paradas, sendo retomadas somente no período republicano, em 1906, sobre o comando do engenheiro Antonio Sampaio Pires Ferreira, auxiliado pelo engenheiro João Tomé de Sabóia e Silva. O trecho novarrussense foi edificado em 1910 e inaugurado no dia 09 de novembro do mesmo ano. Mas, tal construção acabou prejudicando donos de tropas de animais e proprietários de fazendas, pois enfraquecia suas fontes de renda, devido a facilitação com as locomotivas que eram meios mais ágeis e levaria um menor tempo no transporte.
Por outro lado, trouxe benefícios econômicos para a cidade que começou a estabelecer seu crescimento. Nova Russas teve seu monumento, a Estação Ferroviária, instalado no centro, pois facilitava muito o transporte de mercadorias para o comércio e o deslocamento dos viajantes. A chegada do trem, geralmente no fim da tarde, atraia centenas de pessoas para recebê-lo. As máquinas foram batizadas com os nomes de Senibul, Rocha Lima e o Trem Pagador, este último em função de trazer, mensalmente, o pagamento dos funcionários da ferrovia, vindo de Fortaleza e passando por todas as estações. Essa movimentação social só ajudou no crescimento do comércio, pois atraído pelo novo caminho, pelas terras produtoras de algodão e, sobretudo, pela hospitalidade do povo.
Nova Russas começou a receber famílias de todas as cidades deste imenso sertão entre a Serra da Ibiapaba e a Serra das Matas. O progresso, deste então, parecia chegar à cidade. A estação ferroviária que estava abandonada, servindo de depósito de material de construção está sendo revitalizada por meio de uma associação envolvendo diversos segmentos da sociedade novarussense.



A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, carro e atividades ao ar livre

O Grêmio Recreativo Novarrussense foi criado no dia 09 de janeiro de 1955, por uma assembléia geral reunida na residência do Sr. Benedito Charles Maia e que compareceram os Senhores, Prof. Dr. Francisco Jorge de Abreu, Dr. Antonio Alípio Gomes Filho, Antonio Joaquim de Sousa, Alfredo Gomes da Silveira, Antonio Bezerra do Vale, Edmundo Macedo (Ubajara-CE), Temóteo Ferreira Chaves, Antenor Gomes da Silveira, José Ribamar Filho, João Martins Leitão.

Foi instalada, portanto, na cidade de Nova Russas uma sociedade que recebeu a dominação de “Grêmio Recreativo Novarrussense”.
A reunião de criação foi presidida pelo Sr. Francisco Jorge de Abreu, pela qual explicou para as pessoas presente à finalidade principal daquela sessão: 1° instalar uma sociedade de elite em Nova Russas, com o fito principal de edificar em nossa terra um clube que fomente uma educação social para o povo novarrussense, disto tão carente; e que a sociedade em apreço constaria: conselho superior, conselho fiscal e conselho diretor (diretoria). Os requisitos imprescindíveis para ser sócios da nova entidade seriam: conduta exemplar, contribuição pecuniária, colaboração para boa ordem e comparecimento distinto a reuniões. Os sócios seriam divididos em categorias sendo elas de sócios fundadores, acionistas, contribuintes e beneméritos. Os departamentos que formam a sociedade seriam: dançante, esportivo e cultural.
Após o pronunciamento do presidente foi discutido o plano de instalação da nova sociedade, escolha da primeira diretoria e seus respectivos cargos, os quais foram logo empossados, dessa maneira decidiu-se que o conselho superior seria formado pelo Dr. Milton Evaristo de Aragão, Dr. Osvaldo de Sousa Martins, Dr. Bruno Alves Maia Pires, Sr. Oriel Mota e Francisco Furtado Landim. Conselho fiscal: Benedito Charles Maia, João Martins Leitão e Alfredo Gomes da Silveira. Presidente de honra: Francisco Jorge de Abreu. Conselho diretor: Presidente Dr. Antonio Alípio G. Filho. Vice Presidente: Dr. José Almir Farias de Sousa. Primeiro Secretário: Antonio Bezerra do Vale. Segundo Secretário: Temóteo Ferreira Chaves. Primeiro Tesoureiro: Antonio Joaquim de Sousa. Segundo Tesoureiro: Luis Gonzaga Abreu. Orador Oficial: Francisco das Chagas Farias.
Em seguida, por aclamação geral, foi incluído como primeiro sócio benemérito da sociedade o Sr. Edmundo Macedo, suplente do Deputado Estadual pelo PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), que embora não sendo novarrussense se comprometia em conseguir logo que possível, uma subvenção de C$ 20.000 (vinte mil cruzeiros) para essa sociedade.
Em prosseguimento, usou da palavra o Dr. Antonio Alípio Gomes Filho, presidente empossado, sugerindo que fossem considerados sócios fundadores aqueles que fossem admitidos pelo conselho fiscal e que assinassem a ata de instalação.
O Grêmio Recreativo Novarrussense era um ambiente muito restrito, pela qual era permitido frequentar somente pessoas da elite, os quais deveriam estar trajados de terno, gravata, as mulheres de vestido longo e demonstrassem um comportamento muito formal, que era regulado pelo conselho fiscal, o qual se não fosse cumprido havia punições como proibição de freqüentar os salões, suspensão por determinado período de tempo e até expulsão.
Dizem até que existia o chamado “bilhete azul”, o qual era dado as moças “mal faladas” e que não podiam frequentar o Grêmio. O referido patrimônio histórico social e de lazer é mantido por um grupo de diretores empresários e por seus sócios que pagam mensalidades em prol de benfeitorias para preservar e modernizar o agradável e familiar ambiente de eventos.

COLUNA PRESTES EM NOVA RUSSAS

A coluna prestes foi um movimento revolucionário comandado por Luis Carlos Prestes, com o intuito de desestabilizar o governo de Artur Bernardes. o movimento surgiu na cidade de São Paulo no ano de 1925, e era organizado em coluna para a melhor defesa de seus contingentes.

Resultado de imagem para coluna prestes em nova russasO destacamento que passou na cidade de Nova Russas, em janeiro de 1926, comandado pelo então Capitão João Alberto de Leal Barros, foi uma subdivisão que aconteceu no Piauí mais precisamente na cidade Teresina, com o objetivo de confundir seus perseguidores. Em Nova Russas, foram recebidos pelo Coronel Antonio Rodrigues Veras, que era o chefe da pequena comuna, acolhia os revoltosos em sua própria residência dando-lhes um farto almoço, mantimento para suprir a tropa, tecidos, chapéus, bem como emprestando animais. 
O destacamento da Coluna Prestes, na cidade de Nova Russas, teve como colaboradores financeiros: Antonio Rodrigues Veras, Sr. Artur Pereira e o Sr. Gildo Martins, desgostando o então Governador do Ceará, Dr. José Moreira da Rocha, insatisfeito com a atitude de Antonio Rodrigues.
A coluna então seguiu para a cidade de Crateús, onde se juntou novamente com sua formação inicial, no sertão dos Inhamuns.
As histórias dos moradores de Crateús à época são reveladoras para se entender e sentir o que aconteceu na cidade. No livro, o morador Frutuoso Lins, jovem em janeiro de 1926, diz que foi o guarda da Estação quem lhe contou que quando o relógio bateu 3h “rebuou uma saraivada de rifles e fuzis”. Com detalhes, Lins explicou como se deu a ação inicial da invasão. Foi o próprio João Calixto, guarda da Estação, que revelou a euforia dos revolucionários no local. “Entre 4 e 5 horas da manhã, corriam eles pelas calçadas cantando ‘Mulher rendeira’ e gritando ‘Queima Chicuta’ e batiam com o coice do rifle nas portas da Estação”.


A HISTÓRIA DA IGREJA DE NOVA RUSSAS


Resultado de imagem para igreja de nossa senhora das graças de nova russas













Segundo fontes históricas pesquisadas pela equipe de universitários do curso de História da UVA (Universidade Estadual Vale do Acaraú), do campus de Nova Russas - Ce, a origem da construção da Igreja de Nossas Senhora das Graças originou-se a partir da construção da primeira capela, no ano de 1894, substituindo um antigo “NICHO” de taipa que ficava onde hoje é praça da Matriz. Tinha a referida CAPELA estilo de uma pequena Igreja, localizava-se no espaço desocupado, entre a Matriz e o obelisco contíguo ao Banco do Nordeste.

Resultado de imagem para igreja de nossa senhora das graças de nova russas
A portaria do Excelentíssimo e Reverendíssimo Dom José Tupinambá da Frota, Bispo de Sobral, criou a Paróquia de Nova Russa, em 15 de agosto de 1937. Com a criação da paróquia, o Padre Antônio Regino Carneiro, vigário de Tamboril, foi o ultima a “desobrigar” nesta capela.
O primeiro vigário de Nova Russas foi o Padre Francisco Ferreira de Moraes, natural de Crateús, ordenado em 31 de outubro de 1937, tornou posse no dia 09 de janeiro de 1938, tendo como celebrante da solenidade o próprio Dom José.
Algumas pessoas que assistiram aquele ato de grande significação, que marcou o limiar da vida religiosa de uma cidade e da vida paroquial de um sacerdote, ainda guardam na memória e julgam ter sido uma das mais bonitas solenidades realizadas na Igreja Matriz de Nova Russas; destacando-se como parte principal a entrega da chave do “Santo Sacrário”
Após esta solenidade, inicia-se a História propriamente dita da Igreja Matriz de Nova Russas, cuja Padroeira, Nossa Senhora das Graças, permanece de braços estendidos a derramar suas graças sobre aqueles que têm a gloria de nascer aqui e também sobre todos que acaso os trás para beber da água do “Curtume”.
Durante nove anos exatos, o jovem vigário esteve a frente dos destinos paroquiais desta pequena cidade, que lhe serviu “berço sacerdotal”. Concluiu os trabalhos de construção da Igreja Matriz, fundou associações “pias” dedicou-se exclusivamente do bem da moral e da própria Igreja, que a ele havia sido confiado.
No dia 09 de janeiro de 1947, despediu-se deste povo que ainda hoje o estima.
O Segundo Vigário de Nova Russas foi o Padre Francisco Soares Leitão - “in memoriam” – Natural de Independência, ordenado em 30 de novembro de 1941, tomou posse desta paróquia no dia 22 de fevereiro de 1947.
Há um fato curioso sobre a chegada do padre Leitão: embora estivesse designado para Nova Russas desde janeiro, não quis, entretanto, assumir a paróquia antes do “Carnaval” para evitar qualquer incompatibilidade entre ele e os paroquianos. Eis o motivo por que a posse dele esta registrada em 22/02/1947.
Durante sua administração paroquial, teve quatro coadjutores: Pe. Berlamino Augusto Lopes, Pe. Antônio Silveira Bastos, Pe. Benes Alencar Sales e Pe. Antônio Mauricio Melo.
Resultado de imagem para igreja de nossa senhora das graças de nova russasPor uma fatalidade do destino, no dia 01 de abril de 1981, por volta das 17h, ouviu-se “um estrondo abafado”: era a Torre da igreja Matriz que havia desmoronado, deixando soterrados naqueles escombros de caliça e tijolo três meninos que despreocupadamente, brincavam lá embaixo. É surpreendente observar que “um’ dos três garotos saiu com vida, após três horas, (mais ou menos) debaixo das ruínas.
Apesar dos anos de seca e das incompatibilidades existentes, o povo de Nova Russas não mediu sacrifícios no sentido de reconstruir a Torre de nossa Matriz. O primeiro pedreiro a reconstruir a torre foi o Sr. Antônio Constâncio e o primeiro servente foi Joaquim Casimiro. Portanto, hoje a torre é o cartão de visitas da cidade.

A imagem de Nossa Senhora de Fátima

Resultado de imagem para imagem de nossa senhora de fátimaA primeira visita da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima aconteceu no dia 09 de novembro de 1953. A segunda visita ocorreu no dia 10 de agosto de 2003 nos festejos da nossa Padroeira, iniciando-se com uma carreata que comemorava os 50 (cinquenta) anos da passagem de Nossa Senhora de Fátima em varias regiões do estado do Ceará como mostra as fotos.
Por ocasião da passagem da imagem peregrina em 1953, foi construído um arco em sua homenagem na Av. Antônio Joaquim de Sousa, no cruzamento da rua Antônio Rodrigues Veras. Teve sua reestruturação no ano de 2001.
Com tantos acontecimentos históricos ocorridos com o passar dos tempos a Igreja nos representa para cada um de nos um sentimento de alegria e satisfação em elevar a Deus nossas orações aos domingos e principalmente nos festejos da Padroeira que nos faz reencontrar amigos e parentes que não moram mais aqui, recordando-se sempre daquele passado que foi bom e não volta mais. No entanto, é importante conscientizar os jovens para a necessidade de preservar nossos monumentos históricos, sobretudo, a Igreja, para as gerações futuras conhecerem a sua própria memória e história e, finalmente, suas tradições religiosas.
Capela de Nossa Senhora das Graças onde hoje atual Matriz.


A HISTÓRIA DO AÇUDE FARIAS DE SOUSA
Resultado de imagem para açude farias de sousa

 A construção do açude Farias de Sousa teve início no ano de 1958 a partir de um projeto do ex-prefeito José Almir Farias.
No entanto, a construção do açude iniciou-se na década de 80 com recursos do DNOCS (Departamento Nacional de Obra Contra a Seca).
O fato histórico é que na época havia uma escassez d’água na região, onde a Fundação Especial de Saúde Publica hoje FUNASA, havia dado inicio ao projeto do leito do rio Acaraú e por conta da análise geológica confirmou-se que o volume d’água, mesmo sendo abundante, não era suficiente para as necessidades da sede.
Tendo-se iniciado a construção do açude Farias de Sousa, em ritmo acelerado, a fundação optou por construir uma adutora para transportar água do açude até a cidade de Nova Russas, após ter feito o estudo topográfico e confirmar que a condução dessa água seria por adução, dando início ao sistema de abastecimento de água atual. O açude desde que foi construído sangrou duas vezes, sendo que a última sangria aconteceu no ano de 2009.O açude hoje encontra-se seco, em estado de total abandono

Fonte http://historyemcurso.blogspot.com.br/adptação Max Weber

Hino de Nova Russas - CE
Nova Russas, os teus filhos
Entre glórias, no porvir
Como os lírios e os junquilhos
Hão de ver-te reflorir
Nova Russas, Nova Russas
Brasileira e Cearense
Nova Russas, Nova Russas
A tua raça sempre vence
O teu nome representa
Um risonho dealbar,
Cuja origem mais aumenta
A ufania de te amar
Salve ó gleba pequenina
Nosso primeiro arrebol
Do Ceará, pura e fina
Réstia brilhante do sol

Composição ZilmarMendes


PREFEITOS DE NOVA RUSSAS NESTES 95 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA 
11 de novembro de 1922 -Ano de Emancipação político-administrativa do município de Nova Russas


1º Prefeito – Antonio Rodrigues Veras (05/01/1923 a 26/11/1923)
2º Prefeito – Gregório Euclides Martins (01/12/1923 a 30/11/1926)
3º Prefeito – Artur Pereira de Sousa (01/12/1926 a 30/11/1928)
4º Prefeito – Gonçalo de Aquino Mourão (01/12/1928 a 30/11/1929)
5º Prefeito – Antonio Joaquim de Sousa (01/12/1929 a 16/10/1930)
6º Prefeito – Leonardo Bezerra de Araújo (17/10/1930 a 01/01/1934)
7º Prefeito – Luís Moreira de Carvalho (02/01/1934 a 02/01/1935)
8º Prefeito – Artur Pereira de Sousa (03/01/1935 a 02/06/1935)
9º Prefeito – Hermínio Francisco de Paulo (03/06/1935 a 15/06/1936)
10º Prefeito – Artur Pereira de Sousa (16/06/1936 a 13/12/1937)
11º Prefeito – Anastácio Rodrigues de Carvalho (14/12/1937 a 31/12/1940)
12º Prefeito – Manoel Nogueira de Sales (01/01/1941 a 06/02/1941)
13º Prefeito – Antonio Carvalho (07/02/1941 a 23/04/1944)
14º Prefeito – Argemiro Carvalho (24/04/1944 a 10/01/1945)
15º Prefeito – Inácio de Melo Falcão (10/01/1945 a 09/04/1945)
16º Prefeito – Hermínio Francisco de Paulo (09/04/1945 a 16/11/1945)
17º Prefeito – Fernando Pereira de Sousa (16/11/1945 a 04/12/1946)
18º Prefeito – Capitão João Vieira da Silva (04/12/1946 a 07/03/1947)
19º  Prefeito – Francisco Furtado de Landim (07/03/1947 a 05/01/1948)
20º Prefeito – Fernando Pereira de Sousa (06/01/1948 a 31/01/1951)
21º Prefeito – José de Sousa Alves (01/02/1951 – renunciou no ano de 1953)
22º Prefeito – Francisco Furtado de Landim (1953 a 24/03/1955)
23º Prefeito – Oriel Mota (25/03/1955 – renunciou no dia 03/03/1959)
24º Prefeito – Temóteo Ferreira Chaves (04/03/1959 a 24/03/1959)
25º Prefeito – José Almir Farias de Sousa (25/03/1959 a 24/03/1963)
26º Prefeito – Oséias Carlos Pinto (25/03/1963 a 24/03/1967)
27º Prefeito – José Gonçalves Rosa (25/03/1967 a 24/03/1971)
28º Prefeito – José dos Santos Mourão (25/03/1971 a 14/03/1973)
29º Prefeito – Francisco das Chagas Farias (15/03/1973 a 14/03/1977)
30º Prefeito – José Santos Mourão (15/03/1977 a 30/01/1981)
31º Prefeito – Manoel Abdias Evangelista (31/01/1981 a 13/06/1985)
32º Prefeito – Vicente Mourão Carlos (14/06/1985 a 31/12/1988)
---------------------------------------------------------------------------------------------
33º Prefeito – Francisco das Chagas Rosa (01/01/1989 a 31/12/1992)
           Vice -  Manoel Diogo

34º Prefeito – Luis Acácio de Sousa  (01/01/1993 a 31/12/1996)
            Vice - Adalberto Tavares

35º Prefeito – Iranede Veras Rosa (01/01/1997 a 31/12/2000)
           Vice -  Ermenegildo Martins

36º Prefeito – Luis Acácio de Sousa (01/01/2001 a 31/12/2004)
            Vice - Dioguinho

37º Prefeito – Luis Acácio de Sousa (01/01/2005 a 31/12/2008)
            Vice - Dioguinho

38º Prefeito – Marcos Alberto Martins Torres (01/01/2009 a  ......)
            Vice - Paulo Evangelista

39° Prefeito – Paulo César Evangelista (17/04/2011 a 31/12/2012

40 º Prefeito - Gonçalo Souto Diogo 01.01.2013 a 31.12.2016
           vice - Sérgio Brito

Resultado de imagem para 95 anos do municipio de nova russas
Prefeito e vice de Nova Russas
41º Prefeito Rafael Pedrosa (01/01/2017 a 31/12/2020)
vice - Júnior Mano

11 de Novembro

O aniversário do município de Nova Russas é comemorado no dia 11 de Novembro, por ocasião de sua emancipação política. Neste ano a cidade comemorará seus 92 anos de emancipação. Mais uma data que vai sendo esquecida no tempo. Já dizia o poeta ; O passado é tão essencial ao presente, quanto fundamental ao futuro. Não se pode apagar o passado. Pois nada mais somos, se não nosso passado inteiro concentrado num único ponto. No agora. Que por sua vez nos prepara para uma única cosa. O amanhã.

PARABÉNS NOVA RUSSAS !!! QUE OS DIAS VINDOUROS SEJAM MARCADOS POR OBRAS E PROJETOS REALIZADOS EM MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DE SEU POVO. 


COMEMORAÇÕES, AÇÕES E INAUGURAÇÃO MARCARAM A SEMANA DA EMANCIPAÇÃO DOS 95 ANOS DE NOVA RUSSAS

O prefeito de Nova Russas realizou uma variada programação para celebrar a data : Curso de capacitação para os professores do município na área ambiental; desfile cívico; diversos serviços comunitários; em parceria com o estado entrega de títulos aos pequenos proprietários de terra; escolha da miss Nova Russas; inauguração da nova policlínica; festa do Forró Real elétrico e outras bandas sobre trio elétrico percorrendo as principais avenidas da cidade, missa do vaqueiro, dentre outras. 
Confira alguns registros

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre
Moderna policlínica
A imagem pode conter: área interna
A imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna




A imagem pode conter: 10 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, casamento, terno, árvore, multidão e atividades ao ar livre